Conteúdos e cursos para contadores, empresários, gestores, advogados e estudantes

×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 4 meses ATRÁS.

Pergunta #524560

PERGUNTA FEITA POR FLEURY TAVARES SANTOS

BOA NOITE, SOU REGISTRADO COMO MEI DESDE AGO/2010, EFETUEI PAGAMENTOS PELO SIMPLES NACIONAL ATÉ UM CERTO PERIODO E PAREI DE RECOLHER POR ESTAR INATIVO. EFETUEI ALGUMAS DECLARAÇÕES MAS CONTINUEI SEM RECOLHER ATÉ A DATA DE HOJE.
EM 2016 SAÍ DO SIMPLES PARA ME TRANSFORMAR EM “ME” PARA EXERCER ATIVIDADE DE REPRESENTAÇÃO, PORÉM NÃO CHEGUEI A ATUAR E A EMPRESA FICOU OUTRA VEZ ESQUECIDA.
EM JAN/2019 VOLTEI À CONDIÇÃO DE MEI COM REENQUADRAMENTO NO SIMPLES NACIONAL.
RECENTEMENTE BUSQUEI REGULARIZAR MINHA SITUAÇÃO MAS NO SIMPLES NACIONAL SÓ APARECE DEBITO ATÉ 2015.
FUI À RECEITA FEDERAL E A ATENDENTE ME INFORMOU QUE SERIA POR FALTA DAS DECLARAÇÕES DE 2016 E 2017 E QUE EU DEVERIA PROCURAR UM CONTADOR PARA RESOLVER.
ENTREI NO SITE DA RECEITA E ENTENDI QUE DEVERIA EFETUAR A DCTF MENSAL DE 2016 E 2017, E ASSIM AS FIZ, DECLARANDO COMO INATIVA.
GOSTARIA DE SABER SE É ESTE REALMENTE O PROCEDIMENTO E SE EM CASO AFIRMATIVO, O QUE DEVO FAZER AGORA PARA REGULARIZAR OS DÉBITOS COM TRIBUTAÇÃO. O DEBITO NO SIMPLES NACIONAL DEVE SER PAGO ATRAVÉS DO PARCELAMENTO MESMO VINDO SÓ ATÉ 2015? E COMO FICA DE 2016 PRA CÁ?

ÁREAS DE CONHECIMENTO: Constituição e Reorganização de Empresas (contratos, aditivos, registro, legalização e outros)

RESPOSTAS

Nenhuma resposta encontrada para esta pergunta.

RESPONDER

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail