Conteúdos e cursos para contadores, empresários, gestores, advogados e estudantes

×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 9 anos ATRÁS.

O que é ser CONTADOR nos dias atuais?

Caros colegas contadores: É com muito orgulho que me dirijo a vocês para apresentar um ponto de vista com relação à profissão que hoje é considerada uma das mais importantes para o desenvolvimento do País.

Sou Bacharel em Ciências Contábeis inscrito no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Minas Gerais (CRC-MG), Contador de um escritório de contabilidade onceituado na Cidade de Belo Horizonte, com 23 anos, 5 de contabilidade, estou cada vez mais apaixonado por essa profissão.

Hoje passa um filme na minha cabeça de como era minha percepção de contabilidade há cinco anos quando iniciei o curso de contabilidade, o mesmo até o momento não era tão divulgado e a profissão era resumida em efetuar declaração de imposto de renda.

Nesses quatro anos de curso, fui privilegiado, passei por quatro estágios até chegar ao cargo de Contador no qual tenho orgulho de dizer que sou.

Muitas mudanças ocorreram, na virada de 2007 para 2008, quando todos já estavam se preparando para soltar os fogos de artifício para comemorar a virada do ano, uma grande surpresa foi divulgada a classe contábil: “A LEI 6.404/76 acaba de ser alterada pela LEI 11.638/07.

Em 2008, todos foram alertados quanto às mudanças, os impactos e os prazos que o profissional teria para se adequar as mudanças. “Nesse momento a contabilidade estaria passando por uma mudança que pode ser equiparada a mudança de moeda ocorrida no país de Cruzeiro para o Real”.

Entre 2008 e 2009, o mundo assistiu a crise econômica ocorrida nos Estados Unidos, que em um processo de cascata foi contaminando todo o mundo. A contabilidade nesse momento foi questionada no mundo inteiro.

Em 2009 para consolidar as alterações da lei 11.638/07 foi publicada a lei 11.941/09, que ajustou questões que os contadores não conseguiam entender. Em 2010 onseguimos o que pode ser considerado a maior vitoria de todas: “A valorização da profissão contábil”, com a obrigatoriedade do exame de suficiência aos novos colegas que desejam participar da classe contábil. A lei 12.249/10 não apenas instituiu o exame de suficiência, o CFC por força de LEI deixou de ser um simples conselho federal de contabilidade e assumiu o papel de regulador e fiscalizador da profissão contábil.

Hoje todos os CPC´s que foram emitidos e já passaram por audiência pública, não são normas que devem ser arquivadas e sim leis que devem ser seguidas pelos colegas contadores. Aproveito para pedir aos senhores presença junto ao CPC, os CPC´s 6 e 8 estão em audiência pública e a participação dos senhores é fundamental para o crescimento da classe contábil.

Essas alterações contábeis não devem ser comparadas as alterações no qual o fisco está efetuando, o SPED contábil, a NFe, SPED Fiscal e as demais obrigações acessórias é uma parte da contabilidade, mas não o papel principal que é fornecer informações aos demais usuários internos e externos, em especial aos sócios minoritários que não participam das decisões tomadas pela administração.

Deixo uma mensagem aos colegas:

“Ser contador nos dias atuais é privilegio para aqueles que querem fazer com que o ontem seja fonte de crescimento para o amanhã”.




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail