Conteúdos e cursos para contadores, empresários, gestores, advogados e estudantes

×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 11 anos ATRÁS.

O contador e a necessidade de educação continuada

Segundo Dias (2005), atualmente cursar quatro a cinco anos do ensino superior  e passar pelo exame do Conselho Regional de Contabilidade, não é garantia de sucesso para o profissional contábil. As organizações não mais necessitam tão somente daquele profissional técnico que registra atos e fatos administrativos, que antes eram exigências do mercado, o contador deverá está atualizado e ter uma visão ampla do que acontece ao torno das organizações e os impactos que são causados.

De acordo com Grinspum (1998 ), entende-se por educação o ato de educar, acompanhar, nortear, mas também  o de trazer de “dentro para fora” as potencialidades do individuo.

O processo de educação deu inicio no próprio lar, através dos ensinamentos dos pais, que são aperfeiçoados na escola, analisando desta forma a educação continuada para os profissionais contábeis tem seu inicio na graduação, mas devido principalmente aos avanços tecnológicos e científicos na era da globalização, é imprescindível que o profissional contábil, mesmo depois de concluído a graduação deve manter-se em constante processo de reciclagem dos seus conhecimentos, possibilitando assim uma educação continuada.

Os conhecimentos de línguas, de informática e gerais são importantes para o desenvolvimento da profissão contábil, com a finalidade de suprir cada vez mais as necessidades dos usuários da contabilidade.

A educação continuada serve para que os profissionais aprendam algumas habilidades que não fazem parte dos conhecimentos disponibilizados   na academia, que venham a contribuir de forma substancial o seu desempenho.

Habilidades como a criatividade que venha permitir a este profissional uma visão futurista para antever os problemas e assim propor soluções rápidas, os princípios éticos também são importantes, ou seja, respeitar a ética da profissão e ter uma boa moral é um aspecto de suma importância para os usuários da contabilidade, liderar é outra habilidade, ter capacidade de liderar grupos e de tomar decisões adequadas e assumir riscos, por fim, a versatilidade, obter conhecimentos gerais e de áreas correlatas com  a sua função.

Segundo Dias (2005), atualmente cursar quatro a cinco anos do ensino superior  e passar pelo exame do Conselho Regional de Contabilidade, não é garantia de sucesso para o profissional contábil. As organizações não mais necessitam tão somente daquele profissional técnico que registra atos e fatos administrativos, que antes eram exigências do mercado, o contador deverá está atualizado e ter uma visão ampla do que acontece ao torno das organizações e os impactos que são causados.

Os conhecimentos gerais e técnicos adquiridos durante a formação do profissional contábil na graduação universitária é o ponto de partida para o desenvolvimento das habilidades, adquirir novos valores profissionais e conhecimentos, nos diversos ambientes da convivência profissional, mostra a necessidade do contador estar atualizado para que possa exercer e cumprir seus objetivos profissionais.

A competitividade e a necessidade de mudanças e inovações tecnológicas, fazem com que as empresas procurem no mercado profissionais pró-ativos, com senso de responsabilidade, com capacidade de pensamento critico e que dominem sua profissão.

Formar contadores com pensamentos de gestores, é necessário investimento em educação em um sentido mais amplo, ou seja,  a graduação como foi dito, anteriormente não é garantia de sucesso, sendo assim é necessário, pós-graduações, mestrados, participações em congressos da classe, seminários, leitura contínua e participações de encontros empresariais, para saber das necessidades  do mercado em que atua.

Além de todas estas exigências o contador deve deter conhecimentos que não sejam especificamente ligados à área contábil, ou seja,  para elaboração de seus relatórios gerenciais, é necessário conhecimento em administração financeira, planejamento e controle orçamentário,  e outras áreas que venham interferir na elaboração do plano de trabalho.

Esse é o caminho que devemos seguir, a cada dia me convenço de que a educação é o norte para todos aqueles que desejam alcançar o sucesso, mas para que isso aconteça faz-se necessário aplicar todo conhecimento adquirido ao longo do tempo e contribuir também para o desenvolvimento social do meio que nos cerca.




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail