Conteúdos e cursos para contadores, empresários, gestores, advogados e estudantes

×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 18 anos ATRÁS.

Entidade diz que nova alíquota é exagerada

Entidade diz que nova alíquota é exagerada r
nr
nr
nEstudo encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao economista Roberto Nogueira Batista aponta para a possibilidade de o governo ter exagerado no valor da alíquota do PIS, de 1,65%, que teve a forma de cobrança alterada para setores da economia. r
nr
nNogueira Batista informa em seu estudo que no primeiro mês de arrecadação o PIS teve um aumento real de 34% em relação ao mesmo período do ano anterior, utilizando o IPCA como base do cálculo. r
nr
nNota da CNI registra que o aumento pode ser atribuído às mudanças nas regras da cobrança, já que o PIS passou a ser taxado sobre o valor adicionado. A afirmação contraria a avaliação feita anteontem pelo ministro da Fazenda, Antônio Palocci, na audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado de que a mudança não alterou a arrecadação. r
nr
nO presidente da CNI, Armando Monteiro (PMDB–PE), disse que os deputados que participaram das discussões sobre as mudanças do PIS já consideravam a alíquota de 1,65% exagerada. r
n




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso boletim de artigos e notícias em seu e-mail