×
Siga-nos:
Classe Contábil
PUBLICADO 2 meses ATRÁS.

Após dois anos de queda, crédito bancário cresce 5,5% em 2018, diz Banco Central

Após dois anos de queda, o crédito bancário voltou a crescer no ano passado. O volume total (estoque) atingiu R$ 3,26 trilhões, alta de 5,5% em relação a 2017, informou o Banco Central nesta terça-feira (29).

Em 2017, houve um recuo de 0,6% no volume total. Em 2016, o tombo foi de de 3,5%.

Considerando apenas os bancos públicos, porém, o estoque total de crédito caiu 0,5% em 2018.

A participação dos bancos privados no crédito passou de 46%, no final de 2017, para 49% no final do ano passado. Já a parcela dos bancos públicos caiu de 54% para 51%.

O Banco Central informou que, em 2018, o destaque foi no crédito para as famílias, com expansão de 8,6%, enquanto que o crescimento dos empréstimos para as empresas foi de 1,9%.

A relação crédito/PIB, por sua vez, atingiu 47,4% no final do ano passado, contra 47,2% no fechamento de 2017.

Previsão para 2019

Para o ano de 2019, o Banco Central estima uma aceleração do crescimento do crédito bancário, com uma alta projetada de 6% para este ano.

“No segmento de pessoas físicas, estima-se alta de 7% do estoque de empréstimos, em linha com a aceleração do consumo das famílias. Para pessoas jurídicas, projeta-se expansão de 5%, influenciada, entre outros fatores, pela continuidade do processo de captação de recursos por parte das empresas nos mercados externo e de capitais em substituição aos recursos do sistema financeiro”, informou no relatório de inflação, divulgado em dezembro do ano passado.

Fonte: Notícias G1 por Alexandro Martello




COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leia também

Receba gratuitamente nosso informativo de artigos e notícias em seu e-mail